Caboclo Meio-Dia

Ao finalizar a “Casa de Caboclo”, obra que integrou a 31ª Bienal de SP em 2014, encontrei com o fotógrafo Fábio Motta numa reflexão sobre fotografia e registro de performances. Convidei-o para realizar uma série que intitulei “Caboclo Meio- Dia”. São aparições à luz do meio-dia que contam com sua imensa sensibilidade para registrar as imagens que surgem no primeiro minuto do sol a pino. Começamos em São Paulo, em janeiro, e logo surgiu o convite da Bazaar Art. Continuamos então as experiências nas cidades de Niterói e Rio de Janeiro (RJ), Salvador e Sto Amaro da Purificação (BA), Cuiabá e Chapada dos Guimarães (MT).

As imagens foram publiadas na Harper’s Bazaar Art Brazil, abril 2015, com um texto onde falo sobre o Caboclo dos Aflitos.

Série “Caboclo Meio-Dia”, 2015
Impressão Fine art (40x60cm)

Nirerói, RJ

Nirerói, RJ

_MG_0379 _MG_0388 _MG_1111 _MG_1144 _MG_1148 _MG_1161 _MG_1208 IMG_1260 IMG_1279IMG_1448 IMG_1521 IMG_9266_MG_0354 IMG_9288 IMG_9367 IMG_9372 IMG_9548 _MG_0277_MG_0246

12087925_10153711326347287_3890156403999265255_o 12140040_10153711322807287_251329068330002192_o12096262_10153711325407287_4607358875905378959_n12106929_10153711324357287_224500720227274922_nIMG_9613

bazaar art brasil bazaar artbazaar artbazaar art  bazaar art brasil bazaar art

O Caboclo dos Aflitos

por Arthur Scovino

Ele aparece no momento de criação e reflexão. Quer dizer: até dormindo. Com sua ajuda investigo símbolos do imaginário religioso e da miscigenação brasileira. Também supero os traumas de Nhanderudson.

Caboclo é o mestiço de branco com índio, como diz o dicionário. Entidade de Umbanda. É também o herói da Independência da Bahia, do Brasil… mas aí percebe-se que há uma certa intenção de deixar o negro de fora da história por não se falar cafuzo ou mameluco. Caboclo, então, passou a ser mameluco no entendimento de todos. Hoje ele é o encontro de culturas, de fé, de cores, de toda a gente.

Não tem performance aqui. Nem personagem, nem entidade… Mas pode ter.

São Aparições com ou sem hora marcada. Pode entrar em performance. Ou fotografia. Ou vídeo. Ou desenho…  As aparições do caboclo são espontâneas ou provocadas. Surgem nos encontros, cheiros, imagens… Tem cachaça na história.

Ele passa por um caminho de poesia. Às vezes traz borboletas, outras vezes chove. O caboclo respinga no corpo, mas surge da alma. Vem inteiro ou aos pedaços. Sereno ou furioso.

Há muitos Caboclos nos Aflitos. Caboclos sul-americanos nas crisálidas das janelas. Falo com vários deles. Às vezes mudo o ângulo e eles se refratam. A cachaça ajuda na infusão da linguagem. São verdadeiros poetas que miram nesse canto do mundo. Mas não falo de religião. Superstição, talvez. Ele desfolha a imagem e ela aparece. Surge de um lugar açucarado.

Geralmente, a solidão é companheira daqueles que buscam, mas é no encontro que hoje percebo as respostas mais intensas. A cultura popular, o misticismo, a música, são algumas das chaves que abrem portas para esse encontro. Depois os apontamentos para os mini-mistérios  nas próprias famílias, nas paixões, etc.

Quem é Nhanderudson¿

Revolucioneira cultária brasilura, que uns chamam de puramente visual branco… Era mais poesia experimental envolvendo signos correspondentes, quentes… O maior era outra coisa para se sonhar além de projetos ambientais. Uma participação específica. Um comportamento. Então, a rua… Campos, negócios. Vivência cósmica. Experiências/experimentá-las cada vez mais. Deve ser uma coisa só: uma relação afetiva com o mundo todo.

1 – AMPLIDÃO: a chuva foi para dizer que sim.

2 – Acredito nos sinais, nos instrumentos musicais e nas estrelas.

3 – Lágrimas de Nossa senhora.

4 – Kiss me quick de manhã e Ave Maria às 18:00.

5 – Consulta ao Oráculo Oiticica.

6 – O conceito de aparição vem dos Caretas e do Nego Fugido de Acupe no Recôncavo Baiano.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s